Aprenda aqui como fazer panqueca.

Ingredientes:

  • Farinha de trigo – Uma xícara e meia;
  • Leite – Uma xícara;
  • Dois ovos;
  • Óleo – Quatro colheres de sopa;
  • Carne moída – 300g;
  • Cebola picada – Duas colheres de sopa;
  • Meio tomate cortado em cubos;
  • Meia lata de molho de tomate;
  • Uma caixa de creme de leite;
  • Queijo ralado.

Modo de Preparo:

Para fazer a massa, primeiro bata o leite, os ovos e o óleo no liquidificador. Vá acrescentando a farinha aos poucos, à medida que for batendo os outros ingredientes. Acrescentada a farinha, adicione sal a gosto. Depois, misture a massa até ela ficar com um aspecto cremoso. Coloque óleo na frigideira e o espalhe, de modo que o óleo cubra toda a superfície da frigideira. Coloque uma concha da massa na frigideira e espalhe a massa por toda a superfície dela. Quando a massa soltar do fundo da frigideira, é hora de virar. Vire a massa para fritar o outro lado dela. A massa da panqueca estará no ponto quando soltar do fundo da frigideira.

Para fazer o recheio, doure a cebola no óleo. Coloque a carne na panela e deixe a carne cozinhando até que comece a sair água dela. Acrescente o tomate picado, tampe a panela e deixe a carne cozinhando por três minutos. Passados os três minutos, coloque o molho de tomate, misture o conteúdo da panela, tampe de novo e deixe cozinhando por mais 10 minutos. Fique de olho no molho. Quando ele engrossar, é hora de desligar o fogo. Deixe esfriar e coloque o creme de leite. Misture bem até o molho ficar homogêneo. Depois, cozinhe em fogo baixo por mais cinco minutos.

Depois, coloque a carne moída em cima da massa da panqueca e enrole. Pegue uma forma e, se quiser, unte a forma com um pouco do caldo da carne. Coloque as panquecas na forma e jogue o molho por cima delas. Coloque um pouco de queijo ralado por cima do molho e leve a forma ao forno por vinte minutos e sua panqueca está pronta.

O recheio de carne moída é só uma sugestão. Use sua criatividade, crie novos recheios e deixe todos na sua casa deliciados com suas panquecas.

Renato Senna Maia


Aprenda aqui como fazer chocolate quente em casa.

O chocolate quente é, de longe, uma das melhores opções para curtir e saborear tudo que se tem direito durante esta estação. E o melhor de tudo é que você não precisa, necessariamente, sair de casa e se dirigir a uma cafeteria para apreciar uma xícara desta deliciosa bebida.

Isso porque existem receitas muito simples e que podem ser feitas diretamente do seu lar. É para agradar todo mundo, não importa a idade. Duvida?

Pois nós separamos três receitas divinas e, porque não, um pouco mais requintadas dessa iguaria, para ninguém botar defeito. Vamos a elas.

1. Chocolate Quente Cremoso com Amido de Milho

Sabe aquela consistência do chocolate quente que você somente encontra em famosas casas especializadas em cafés ou padarias? Agora você conseguirá fazer a mesma receita em sua casa. Para isso você precisa dos seguintes ingredientes: um litro de leite, 5 colheres de sopa de chocolate em pó e 2 colheres de sopa de amido de milho. O preparo é muito simples, basta colocar 3 xícaras de leite em fogo médio e deixe ferver. Após, junte o achocolatado e vá misturando. Com o restante do leite, dissolva o amido de milho e, feito isso, coloque na panela. Misture até engrossar e sirva quente.

2. Chocolate Quente com Vinho

Quer apostar em uma receita mais requintada? Pois saiba que o vinho é uma excelente combinação com o chocolate quente. A receita leva os seguintes ingredientes: 2 xícaras de leite, 2 colheres de sopa de chocolate em pó, 2 colheres de sopa de vinho tinto, 6 colheres de sopa de creme de leite e 2 colheres de sopa de açúcar. Para o preparo, misture em uma panela o chocolate em pó, o açúcar e o leite, aqueça até ferver. Feito isso, acrescente o vinho à receita e desligue o fogo. Após, coloque também o creme de leite, misturando até ficar homogêneo. Prove e aprove.

3. Chocolate Quente com Café

Quem adora chocolate quente, mas também não perde o vício por um bom café, saiba que a combinação dos dois dá certo. Quem quer inovar com esta combinação, precisa dos seguintes ingredientes: 500 ml de leite, 10 colheres de sopa de cacau em pó, 3 colheres de sopa de farinha de trigo, 2 colheres de sopa de licor de café (ao gosto), 10 colheres de sopa de açúcar e 100 ml de café quente e forte. No preparo, basta peneirar o cacau em pó com a farinha, juntando após o açucar. Acrescente o leite fervido aos poucos e vá diluindo a mistura. Após, cozinhe por 10 minutos, sempre mexendo. Após desligar o fogo, adicione o licor e o café quente. Se gostar, decore com chantilli.

Viu como é fácil preparar o chocolate quente? Além destas, existem inúmeras receitas, para todos os paladares. Solte a criatividade e nos mande a sua receita nos comentários.

Kellen Kunz


Aprenda aqui o passo a passo de como fazer pipoca doce.

Já andou pelas ruas da cidade e, do nada, aquele cheirinho de pipoca invadiu os seus sentidos? Não tem como fugir, a vontade de comer a iguaria quentinha é instantânea e, se for docinha, melhor ainda.

Se você é uma dessas pessoas que não consegue resistir a uma pipoca doce e está se perguntando como prepara-la em casa para sua família ou visita, curtindo muitos momentos agradáveis, nós vamos te passar duas receitas muito saborosas. E o melhor de tudo, com um gostinho caseiro e que em nada se assemelha ao dos pacotes prontos e de microondas. É pra comer sem culpa. Então, vamos a elas?

1. Pipoca Doce Caramelada

Em primeiro lugar, separe os seguintes ingredientes: 4 colheres de sopa de milho de pipoca, 4 colheres de sopa de açúcar, 4 colheres de sopa de água e 3 colheres de sopa de óleo. A receita é muito simples, basta colocar todos os ingredientes citados em uma panela e mexer até que se forme uma calda com consistência caramelizada, de forma a envolver os grãos do milho da pipoca. Logo que a pipoca estourar, tampe a panela e sacuda um pouco esta, para misturar bem a pipoca e a calda. Simples e gostosa, a receita leva apenas 15 minutos do seu tempo. Dá para curtir a visita e, ainda, saborear uma pipoca quentinha e deliciosa.

2. Pipoca de Chocolate e Leite Condensado

Um pouco diferente da receita anterior, essa é uma explosão de doçura. Os ingredientes necessários são: Meia xícara de milho de pipoca, 2 colheres de sopa de açúcar refinado, 4 colheres de achocolatado em pó, três gotas de óleo de girassol e leite condensado. Para iniciar a receita, misture em uma vasilha o achocolatado e o açúcar. Já na panela ou pipoqueira, coloque o óleo com a mistura anterior, cobrindo todo o fundo da panela. Após, coloque o milho e tampe, deixando cozinhar em fogo médio baixo. Se você não tiver uma pipoqueira, é preciso mexer com uma colher, para não deixar o açúcar queimar no fundo. Em apenas cinco minutinhos, a pipoca está pronta para ser saboreada.

Como se sabe, existem muitas outras receitas, mas nós separamos estas duas para facilitar a sua vida e garantir uma excelente experiência. Porém, se você tiver outra sugestão, compartilhe nos comentários para que, assim, mais pessoas conheçam o seu modo de preparo da pipoca. E bom apetite.

Kellen Kunz


Com as imensas variedades de alimentos existentes hoje pode-se preparar diversos pratos de saladas para a dieta não ficar monótona e nem ‘sem gosto’.

A mistura de ingredientes adequados é o auge para se obter uma equilibrada e balanceada alimentação natural, além do sabor espetacular que pode se obter. A dica é misturar em uma mesma salada diferentes folhas de alface, agrião, tomate, acelga, etc, e surpreender com frutas! Isso mesmo, frutas!! Elas trazem um toque especial e extremamente saboroso. Frutas como maçã, abacaxi, manga, abacate, mamão, laranja, entre várias outras, podem ser degustadas junto à salada e assim como também proporcionam maiores quantidades de nutrientes.

Além de sempre investir no tempero, que proporciona o toque especial para esta refeição. As opções são vinagretes, suco de limão, molhos à base de iogurte, ou molhos prontos que facilmente se encontra nos mercados, e sem esquecer dos famosos: vinagre e azeite.

Como, em uma dieta, a salada normalmente entra no lugar de pratos principais, sempre deve acompanhá-la um tipo de carne (fonte de proteína) e porções de arroz ou batata, por exemplo, que são fontes de carboidratos.


Experiências com frituras não são das melhores, tanto pelo cheiro, quanto pela indiscreta sujeira que fritar algo proporciona.

A melhor opção é seguir alguns truques para evitar os transtornos que podem ocorrer:

– para a gordura não espirrar, coloque no fundo da frigideira, antes do óleo, um pouco de sal e somente após ligue o fogo;

– para evitar os desagradáveis e duráveis cheiros de fritura, ferva em uma panela ao lado cascas de laranja ou cravos-da-índia até enquanto durar o processo, e se o cheiro já estiver impregnado na casa, aqueça um pouco de canela em pó em uma frigideira;

– para evitar que o óleo salpique na fritura, acrescente uma pitada de farinha no óleo já quente;

– na fritura de empanados, evite a espuma que se forma colocando rolhas de cortiça no óleo;

– ao fritar peixes, passe o óleo em um filtro para absorver as impurezas e pingue algumas gotas de limão e deixe aquecer, assim o óleo não ficará com gosto e nem cheiro de peixe;

– para qualquer tipo de fritura, pode-se juntar ao óleo já quente, um pedaço de batata crua fatiada, pois a mesma irá absorver qualquer sabor inconveniente do óleo.

– frite todo e qualquer alimento com o óleo totalmente quente, para saber quando estará no ponto certo coloque um palito de fósforo junto ao óleo e quando ele acender significa que estará na temperatura exata para receber os alimentos;

nunca coloque muitos alimentos na frigideira no mesmo momento para fritar, pois isso irá diminuir a temperatura do óleo e irá demorar mais tempo para ficarem prontos.

Com estas dicas, Bom Apetite!! Sem odores, queimaduras e resquícios no óleo.


Para fazer frituras como croquetes, pastéis e batatas fritas ficarem crocantes e sem muitas gorduras segue algumas dicas:

Numa frigideira mais alta, coloque bastante óleo e adicione uma colherinha (café) de álcool no óleo frio, somente depois ligue o fogo.

Para o óleo não escurecer, acrescente um dente de alho inteiro (com a casca) quando o óleo estiver fritando. Ele demora a escurecer e voc6e pode aproveitá-lo mais vezes.


Faltalmente podemos esquecer a panela de arroz no fogo e ele queimar. O que fazer? Descartar todo o arroz e fazer tudo de novo? Em épocas de crise finaceira o desperdício de alimentos pode ser crime.

Para tirar o cheiro do arroz queimado, uma dica bem simples é colocar água numa bacia e colocar a panela de arroz sobrea a bacia por 10 minutos.

Outra dica é cortar uma cebola ao meio colocá-la dentro da panela de arroz e tampar a panela, por aproximadamente 5 minutos, ou até sair o cheiro do arroz queimado. 


O Ministério da Saúde recomenda que o bebê receba exclusivamente leite materno até os seis meses de idade. O leite materno é um alimento completo, contém todos os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento perfeitoda criança, além de fornecer toda a proteção necessária contra doenças. 

A época de introdução de alimentos à criança deve ser a partir dos 6 meses de idade. O ideal é iniciar com sucos e papas de frutas e depois de 3 dias começar com as papas salgadas.

Evite dar frutas muito ácidas, prefira maçã, banana, mamão pêra ou laranja lima.

Nas papinhas salgadas, não esquecer de adicionar alimentos de todos os grupos: proteína (carne ou frango), carboidrato (arroz, batata, mandioquinha ou macarrão), legumes (abóbora, abobrinha, tomate, beterraba, etc) e verduras (espinafre,  salsa, agrião, repolho, etc). 

Evite bater os alimentos no liquidificador, pois pode perder os nutrientes. O ideal é passar os alimentos por uma peneira. Depois de um ou dois meses, amassar o alimento com um garfo e desfiar bem a carne, para o bebê sentir a consistência do alimento e começar a se adaptar com ele.

Quer fazer papinhas? Veja o vídeo abaixo e aprenda com a cheff de cozinha especializada em papinhas infantis a preparar:

Veja algumas dicas e dúvidas sobre papinhas no vídeo abaixo:


A Páscoa está chegando… e com ela a tradição de se fazer aquele delicioso bacalhau…

Mas você sabe quais os ingredientes necessários para se fazer um Bacalhau ao Forno (o mais tradicional deles)?!

Para fazer 6 porções (bem servidas) você precisará a princípio de 1 kg de bacalhau, 1/2 kg de batata, 1/2 kg de cenoura, 2 cebolas grandes, 2 tomates vermelhos, 1 pimentão, 1 colher de sopa de extrato de tomate, Leite de coco, Alho, sal, coentro e azeite de oliva a gosto e Azeitonas.


Basta uma leve distração e a comida, que estava no fogo, queima. O pior nem é a comida queimada, pois você pode fazer outra ou até mesmo tentar reaproveitá-la, o pior é o estado em que fica a panela em que estava esta comida.

Para limpar uma panela queimada, basta salpicar bicarbonato de sódio, umedecê-la e deixar agir por algumas horas. Lave normalmente, o queimado sairá com facilidade.

Agora se grudou comida na panela, basta enchê-la com água quente e acrescentar duas colheres de bicarbonato de sódio.  Deixe agir por algum tempo e limpe.


A cozinha é um local úmido, com comidas, temperatura alta por ausa do forno, ideal para o crescimento de germes e bactérias que podem causar doenças graves.

Hoje em dia é muito comum ocorrer surtos de contaminação alimentar dentro de casa, por falta de higiene nos utensílios, na cozinha e no manipulador de alimentos.

Veja algumas dicas para evitar contaminações:

  • Evite utilizar tábuas de madeira para cortar alimentos, prefira as feitas de plástico e, quando estiverem muito riscadas, troque-as;
  • Troque com frequencia o pano de prato, ele acumula muitas bactérias;
  • Não utilize lixeirinha em cima da pia, é uma enorme fonte de contaminação, o  ideal é a lixeira de chão com pedal;
  • A esponja da pia é uma grande fonte de bactérias, por isso devemos desinfectá-la todos os dias numa solução de 1 litro de água e 2 colheres de sopa de água sanitária;
  • O paninho que você usa na pia é uma verdadeira usina de germes, evite deixar o pano molhado em cima da pia, o ideal é lavá-lo e estendê-lo;
  • Mantenha seus utensílios e superícies como pias e fogões sempre bem limpos, sem restos de comida;
  • Lave muito bem as mãos antes de fazer qualquer tipo de preparação na sua cozinha.

A sua saúde e a da sua família agradecem!


Um dos doces mais gostosos que extiste, o doce de leite  que pode ser feito de diversas formas e com diversas combinações. Existem várias receitas de doce de leite, uma bem simples é colocar uma lata de leite condensado para cozinhar numa panela de pressão com água por aproximadamente 45 minutos. Antes de abrir, deixe a lata esfriar pois pode ser perigoso abrir a lata quente.

Outra receita de doce de leite muito fácil e saborosa é a seguinte:

Numa panela, misture 4 litros de leite com 2 kg de açúcar e leve ao fogo. Fique mexendo até adquirir consistência cremosa. 


A Rotulagem de alimentos industrializados é obrigatória. Você sabe por quê?

O objetivo da Rotulagem é proteger os consumidores de declarações a declarações abusivas ou enganosas que possam induzi-lo ao erro, Além disso, permite a comparação de produtos na hora da compra, seja quanto à qualidade, preço, entre outros.

Num Rótulo deve constar: 

  • Lista de ingredientes;
  • Conteúdo líquido;
  • Endereço do fabricante ou importador;
  • Identificação do lote;
  • Prazo de validade;
  • Preparo e conservação;
  • Informação nutricional.

As informações Nutricionais também são obrigatórias, veja aqui quais são:

1 .Valor calórico

2 .Carboidratos

3. Proteína

4. Gordura total

5. Gordura saturada

6. Colesterol

7. Fibra alimentar

8. Cálcio

9. Ferro

10. Sódio

A leitura do rótulo possibilita um melhor conhecimento do produto. 

Seguir as instruções de preparo e armazenamento auxiliam no rendimento e na conservação do valor nutritivo do alimento, além de poder facilitar o seu aproveitamento pelo organismo.

A informação nutricional contida no rótulo é uma forma de comparar um alimento com outro e assim fazer as melhores escolhas. 





CONTINUE NAVEGANDO: