Como Fazer Pipoca Doce



  

Aprenda aqui o passo a passo de como fazer pipoca doce.

Já andou pelas ruas da cidade e, do nada, aquele cheirinho de pipoca invadiu os seus sentidos? Não tem como fugir, a vontade de comer a iguaria quentinha é instantânea e, se for docinha, melhor ainda.

Se você é uma dessas pessoas que não consegue resistir a uma pipoca doce e está se perguntando como prepara-la em casa para sua família ou visita, curtindo muitos momentos agradáveis, nós vamos te passar duas receitas muito saborosas. E o melhor de tudo, com um gostinho caseiro e que em nada se assemelha ao dos pacotes prontos e de microondas. É pra comer sem culpa. Então, vamos a elas?

1. Pipoca Doce Caramelada

Em primeiro lugar, separe os seguintes ingredientes: 4 colheres de sopa de milho de pipoca, 4 colheres de sopa de açúcar, 4 colheres de sopa de água e 3 colheres de sopa de óleo. A receita é muito simples, basta colocar todos os ingredientes citados em uma panela e mexer até que se forme uma calda com consistência caramelizada, de forma a envolver os grãos do milho da pipoca. Logo que a pipoca estourar, tampe a panela e sacuda um pouco esta, para misturar bem a pipoca e a calda. Simples e gostosa, a receita leva apenas 15 minutos do seu tempo. Dá para curtir a visita e, ainda, saborear uma pipoca quentinha e deliciosa.

2. Pipoca de Chocolate e Leite Condensado





Um pouco diferente da receita anterior, essa é uma explosão de doçura. Os ingredientes necessários são: Meia xícara de milho de pipoca, 2 colheres de sopa de açúcar refinado, 4 colheres de achocolatado em pó, três gotas de óleo de girassol e leite condensado. Para iniciar a receita, misture em uma vasilha o achocolatado e o açúcar. Já na panela ou pipoqueira, coloque o óleo com a mistura anterior, cobrindo todo o fundo da panela. Após, coloque o milho e tampe, deixando cozinhar em fogo médio baixo. Se você não tiver uma pipoqueira, é preciso mexer com uma colher, para não deixar o açúcar queimar no fundo. Em apenas cinco minutinhos, a pipoca está pronta para ser saboreada.

Como se sabe, existem muitas outras receitas, mas nós separamos estas duas para facilitar a sua vida e garantir uma excelente experiência. Porém, se você tiver outra sugestão, compartilhe nos comentários para que, assim, mais pessoas conheçam o seu modo de preparo da pipoca. E bom apetite.

Kellen Kunz



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *